Caminhos do Sertão realiza a última formação de docentes do ano

O Programa de Formação de Docentes da UEMASUL, Caminhos do Sertão, realizou no fim de semana a última formação do ano. Em parceria com as prefeituras municipais de sua área de abrangência, o programa oferece oportunidades de acesso ao ensino superior aos professores em exercício nas escolas públicas estaduais e municipais sem formação adequada à Lei de Diretrizes e Bases, impulsionando a formação de professores reflexivos e atuantes na sociedade.

A formação, que aconteceu no campus de Imperatriz, trabalhou com professores de língua portuguesa, artes, geografia, matemática e ciências biológicas dos municípios contemplados com as cinco unidades avançadas: Vila Nova dos Martírios, Itinga do Maranhão, Amarante e Porto Franco, atendendo aos 22 municípios de sua ação territorial, o que causará impacto importante na democratização do acesso ao ensino superior público.

A coordenadora pedagógica do programa, Gilvania Ferreira, conta que os participantes serão multiplicadores da formação nos seus municípios com os demais profissionais: “Tudo que eles aprendem aqui irão replicar nos municípios, é o grande objetivo da formação, trazendo também a experiência desses professores na sala de aula, mas também auxiliar em como ele vai poder potencializar a sua prática”.

Para Edileusa Fernandes, professora de história e coordenadora pedagógica da rede municipal de Porto Franco, que participou da formação, o “Caminhos do Sertão” é um programa que multiplica experiências. “Um dos maiores aprendizados na formação foram as atividades mais dinâmicas, a gente percebeu que tem como dar uma aula mais prática, suprir o aluno dessa necessidade da vivência do cotidiano e da aprendizagem com o que ele convive na vida”.

Ampliação

Representantes dos municípios de Amarante, Buritirana e Sítio Novo, participaram de reunião com a reitora da UEMASUL, professora Elizabeth Nunes Fernandes, para discutir sobre a efetivação das unidades avançadas do programa de formação de docentes. Estiveram presentes também a pró-reitora de Gestão e Sustentabilidade Acadêmica, professora Maria da Guia Taveiro Silva, e a coordenadora do programa, professora mestra Nice Rejane da Silva Oliveira.

Durante a reunião foi ressaltado o apoio das lideranças desses município à implementação do programa em Amarante do Maranhão, o que tornará possível a ampliação do Caminhos do Sertão para as duas cidades vizinhas, Sítio Novo e Buritirana. O vereador da cidade de Amarante, João Batista Lima, falou sobre as expectativas do programa de formação: “Nós temos uma demanda grande, apresentamos aqui as informações que desejamos para que de fato a unidade possa ser instalada em 2020. A nossa expectativa é para que no próximo ano a unidade avançada já funcione no município de Amarante atendendo a esses três municípios”.

Caminhos do Sertão é o reflexo do compromisso que a UEMASUL tem com o ensino de qualidade. Proporcionando oportunidade de acesso ao ensino superior para professores sem licenciatura, de forma gratuita, a universidade contribui para o aumento nos índices educacionais da região Tocantina como explicou a coordenadora do programa, Nice Rejane: “No maranhão nós temos duas universidades estaduais, mas, a gente entende que precisa possibilitar ainda mais acesso. Esse programa torna possível o acesso ao ensino superior e trabalha para a qualificação dos professores, ainda temos índices negativos sobre formação profissional que impacta na qualidade do ensino, e a gente precisa modificar essa realidade, o que é papel da universidade”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *