Programa de extensão da UATI forma primeira turma

Com a presença de 27 estudantes a Universidade Aberta à Terceira Idade (UATI), da UEMASUL, formou sua primeira turma. Além dos acadêmicos, familiares e amigos vibraram e se emocionaram durante a cerimônia de entrega dos certificados. Alguns deles realizaram pela primeira vez o tão sonhado curso em uma universidade.

A UATI é um programa de extensão vinculado à pró-reitoria de Gestão e Sustentabilidade Acadêmica, por meio da Divisão de Extensão Universitária, organizado através de cursos não regulares, com objetivo de promover a integração social e educacional, em prol da qualidade de vida da pessoa idosa. João Batista da Costa, 66 anos é um dos formandos. Ele tem o sonho de fazer uma graduação.

“Eu sempre gostei de estudar e continuo estudando. O meu maior sonho é fazer uma faculdade. Vou passar esse próximo ano estudando e quero fazer a UATI de novo. Pra mim é um grande prazer estar aqui, os professores da UEMASUL são todos meus amigos, eu amo esse povo, parabéns para eles e para nós todos”.

O objetivo principal da universidade da terceira idade é priorizar as potencialidades do idoso por múltiplas ações, garantindo uma melhoria da qualidade de vida, estimulando o exercício intelectual e reflexivo com diferentes atividades artísticas, corporais, criativas, expressivas e produtivas.

Foram muitos meses de conhecimentos adquiridos e atividades de integração, como contou a estudante Maria Sula dos Santos Lima, 60 anos. “Eu não tenho palavras pra explicar a emoção, o prazer, a alegria que eu tô sentindo, e esse conhecimento que eu adquiri ao longo desses 15 meses eu vou levar para a vida.  E vou incentivar algumas amigas para poder participar da UEMASUL que é só alegria, tudo de bom, só conhecimento, muito conhecimento”.

A professora Maria da Guia Taveiro Silva, pró-reitora de Gestão e Sustentabilidade Acadêmica em exercício destacou a importância do programa, que fortalece as ações de extensão, um dos pilares da universidade. “O programa da UATI é de uma importância imensurável, porque liga a universidade à sociedade, já que a instituição por meio dele, cumpre seu papel social, que é o de servir à comunidade. O programa de extensão, que atende aos idosos, muitos deles até doentes, quando entram em programa desses a amizade é fortalecida, a saúde melhora, eles adquirem conhecimentos, contribuindo significativamente para a melhoria da qualidade de vida deles”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *