Mais de 40 alunos da UEMASUL são premiados na II SAPIENS

Com o objetivo de apresentar os resultados dos projetos de iniciação científica e de extensão produzidos pelos acadêmicos, a Universidade Estadual da Região Tocantina (UEMASUL) realizou a II Semana Acadêmica de Pesquisa, Inovação e Extensão, com o tema: Educação e Inovação Tecnológica – Desafios para os caminhos da Pesquisa e Extensão. Durante uma semana, acadêmicos bolsistas e voluntários, expuseram os seus trabalhos realizados durante o ano, desenvolvidos em conjunto com a comunidade de Imperatriz. A programação teve além de apresentações, palestras, minicursos e oficinas.

Para a professora Alinne da Silva, Pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação, os resultados do evento foram positivos, recebendo elogios da comissão avaliadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ). “A segunda SAPIENS foi um sucesso, contou com mais de 600 inscritos, cerca de 178 projetos apresentados pelos bolsistas da UEMASUL, e também da FAPEMA e do CNPQ. Inclusive a comissão avaliadora do CNPQ nos deu um feedback muito bom, nos apontou onde nós podemos melhorar, e pretendemos nos tornar melhores ano após ano.”

A semana foi finalizada com a cerimônia de premiação, dando destaque aos principais trabalhos apresentados em todo evento. A entrega dos certificados aos acadêmicos premiados foi dividida em cinco categorias para a área de pesquisa, com 15 alunos contemplados e sete categorias para a área de projetos de extensão, com 29 alunos premiados. O reitor do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) Jhonatan Almada foi convidado para realizar a palestra de encerramento com o tema: “A pesquisa no Ensino Médio e a Articulação Escola-Universidade.”

O acadêmico egresso do curso de Letras/Licenciatura Rômulo Caique Silva Santos, ganhador do segundo lugar na categoria Linguística, Letras e Artes, afirma que a experiência de participar da SAPIENS foi muito boa, e que nesta segunda edição aprendeu muito. “Foi muito bom, porque é a primeira vez que eu sou premiado, então, é muito legal. Nessa edição eu aprendi muitas coisas, inclusive agradeço muito minha orientadora, professora Sônia Maria, que me incentivou a correr atrás, corrigindo as minhas falhas e me orientando a fazer sempre o melhor”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *