Campus Açailândia recebe treinamento de proteção contra incêndios

Professores, estudantes, técnicos administrativos e funcionários terceirizados da UEMASUL em Açailândia receberam treinamento contra incêndios realizado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) na última quinta-feira (26). A atividade teve como objetivo partilhar conhecimentos que podem contribuir com a segurança de toda comunidade acadêmica, assim como na proteção do meio ambiente.

A programação abordou o combate a princípios de incêndio no local de trabalho, riscos de incêndio na planta, comunicação de incidente, evacuação do local de trabalho, tratamento de vítimas de princípio de incêndio, tipos de extintores e a forma correta de utilização. O bombeiro aspirante Matheus Aurélio ainda ensinou sobre os conceitos de fogo, as reações químicas que possibilitam a existência de fogo e incêndio, a gravidade de cada tipo de incêndio e o extintor adequado para cada caso.

Além das palestras, a comunidade acadêmica ainda participou do treinamento prático. O incêndio provocado no interior de um tanque de simulação foi apagado com auxílio de um extintor, enquanto o fogo proveniente da abertura do botijão de gás de cozinha foi facilmente apagado com as mãos. “Foi muito interessante. Porque a gente está na universidade e pensa que só vai ter os cursos normais, as aulas normais, e ter um treinamento  para conhecermos essas normas regulamentadoras, praticar, é muito bom!”, disse Bruna de Lima, estudante do 5º período de Administração e uma das pessoas a apagarem o fogo do botijão de gás de cozinha com as mãos.

“O treinamento contra incêndio para a comunidade acadêmica, e para toda a população é de suma importância porque o princípio de incêndio é  a fase mais fácil de ser combatida. E o Corpo de Bombeiros naturalmente nunca vai estar presente nesse momento, porque ele só é acionado quando o incêndio é identificado. Então, quanto mais pessoas preparadas para agirem nos momentos iniciais, maior a possibilidade que nós temos de salvaguardar vidas e bens”, explicou o aspirante Matheus. 

Projeto Cuidando da sua Mente finaliza segundo ciclo

Durante o mês de setembro, a saúde mental vem sendo pautada em diversos espaços, sejam na mídia, instituições públicas, privadas, escolas ou universidades. Na UEMASUL, o projeto “Cuidando da Sua Mente” desenvolve ações de conscientização e prevenção durante todo o ano, e entre os dias 10 e 24 de setembro, aconteceu o segundo ciclo do evento, com o tema: suicídio.

O projeto proporciona à comunidade acadêmica conhecimentos sobre os cuidados com a mente. Iara Paiva, Coordenadora do Núcleo de Apoio Psicopedagógico da universidade, conta que a prevenção ao suicídio foi o tema enfatizado esse mês: “Como nós estamos no Setembro Amarelo, demos foco à prevenção ao suicídio, com o objetivo de trazer informação para que os acadêmicos possam entender o próprio adoecimento e saibam como agir”.

Tiago Dourado, estudante do 4º período de Pedagogia, acredita que o evento auxilia na compreensão quando alguém sofre com depressão, ansiedade, ou outros problemas relacionados à saúde mental. “Há cada vez mais pressão em cima das pessoas e cada vez menos pessoas que estão conseguindo lidar com essas questões, então é importante estar nesses eventos para saber os caminhos para quem está em um estágio inicial de depressão ou até em um estágio mais avançado”.

Com rodas de conversas e estudos através de filmes que retratam os assuntos abordados, o projeto também envolve os estudantes em discussões, e recebe palestrantes como a psicóloga Isabela Brizola, que acredita no fortalecimento de vínculo na universidade: “Eu parto do princípio de que quando a gente fala sobre o suicídio, também precisamos falar sobre empatia. É no intuito de fortalecer o vínculo entre os alunos, professores e conscientizar sobre os comportamentos que antecedem o suicídio e o sucedem, que fazemos esse trabalho, para que eles possam se apoiar, se acolher e se escutar”.

No campus Açailândia, também aconteceram rodas de conversas e palestras do projeto. Mayla Alves, acadêmica do 4º período do curso de Administração, conta que as informações ajudam a identificar pessoas que estejam passando por algum tipo de problema: “Existem vários jovens no nosso meio mesmo que podem estar passando por uma situação desse tipo, e com informação a gente pode ajudar essas pessoas”.

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia na região Tocantina

 

Vem aí a I Semana Nacional de Ciência e Tecnologia na Região Tocantina. A programação conta com minicursos, oficinas, apresentações de pôsteres, mostra de inovação e tecnologia e palestras. O evento será realizado em parceira com instituições de ensino superior e médio, públicas e privadas da região, em Imperatriz (de 16 a 19 de outubro), e em Açailândia (25 e 26 de outubro).

Confira as programações  e inscrições para as atividades:

Inscrições em Minicurso e Oficinas em Imperatriz

  1. Lista dos trabalhos que serão apresentados no IFMA
  2. Lista dos trabalhos que serão apresentados na UEMASUL
  3. Lista dos trabalhos que serão apresentados na UFMA

Inscrições Açailândia 

COMUNICADO – SNCT 2019

O Governo do Estado do Maranhão, por intermédio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), promoverá a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia/Semana Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (SNCT/2019), que acontecerá de 22 a 25 de outubro, na cidade de São Luís– MA, com o tema “Bioeconomia: Diversidade e riqueza para o desenvolvimento sustentável”.

A UEMASUL, por integrar o Sistema Estadual de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, terá um estande no evento. Informamos que será disponibilizado um ônibus aos docentes e discentes que tiverem propostas para realização de atividades aprovadas no evento.


Os docentes poderão solicitar diárias conforme a Resolução nº 24/2017 CONSUN/UEMASUL, além de auxílio financeiro, conforme a Resolução nº 20/2017 CONSUN/UEMASUL.
A PROPGI solicita que todos os alunos e professores que submeteram trabalhos se apresentem na pró-reitoria para preencher um cadastro.

Estudantes de Gestão Ambiental participam de atividades alusivas ao Dia da Árvore

No último sábado, acadêmicas e acadêmicos do curso de Gestão Ambiental da UEMASUL, campus Açailândia, celebraram o Dia da Árvore a convite do Corpo de Bombeiros da cidade. As atividades foram realizadas com crianças e adolescentes integrantes do programa social Bombeiro Mirim. As  alterações climáticas do planeta têm preocupado ambientalistas e a população do mundo inteiro, provocando debates e ações diversas.

Estudantes e professores do curso falaram aos pequenos bombeiros sobre as funções e importância das árvores, explicando sobre política ambiental e legislação específica. “O Dia da Árvore representa uma forma de sensibilizar a sociedade, conscientizar pela preservação e conhecimento das questões ambientais, e estimular a sociedade a plantar árvores”, disse Amanda Nascimento, acadêmica do 4º período de Gestão Ambiental.

O programa social Bombeiro Mirim estimula os estudantes a participarem de atividades educativas, e a exercitarem a cidadania. “Eles vão plantar mudas para daqui a 15 ou 20 anos passarem e verem as árvores que plantaram”, disse o subtenente Miranda, responsável pela atividade.

Durante a programação, 30 mudas de Ipê foram plantadas pelos estudantes da UEMASUL e pelos bombeiros mirins. “Se a comunidade aprender sobre isso, vão desmatar menos. E até ajuda a gente mesmo por causa da sombra, do oxigênio. Eu acharia muito importante se eles (a comunidade) também dessem ouvidos”, comentou Ana Alice, bombeira mirim que garante que irá passar o conhecimento aprendido no Dia da Árvore aos seus familiares e amigos.

Prorrogadas as inscrições da especialização em Matemática

Foram prorrogadas até dia 26 de setembro de 2019, as inscrições para candidatos ao processo seletivo para a primeira pós-graduação Lato Sensu na área das Ciências Exatas da Universidade Estadual da região Tocantina do Maranhão. Serão ofertadas 24 vagas, respeitando o sistema de cotas. O público-alvo são licenciados em Matemática ou em Física ou em Ciências com Habilitação (em Matemática ou em Física) e bacharéis em áreas afins que pretendam atuar na educação.

Mais informações acesse o Edital.

VI Encontro Maranhense de Ciências Agrárias encerra hoje

 

A VI edição do Encontro Maranhense de Ciências Agrárias (EMCA) 2019 teve início no último dia 15 e vai até sexta-feira (20), na UEMASUL, campus Imperatriz. O evento é uma realização do Centro de Ciências Agrárias (CCA),  organizado pelos acadêmicos dos cursos de Medicina Veterinária, Engenharia Florestal e Engenharia Agronômica.

Com o tema: “Produção e consumo sustentável nos eixos agrícola, pecuário e florestal”, o evento é voltado para estudantes de Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal, Medicina Veterinária, Zootecnia e áreas afins, pequenos, médios e grandes produtores da região, empresários da área agrícola e toda comunidade da região. A programação do evento conta com palestrantes de várias regiões do país. Além de palestras, as atividades do EMCA ofertam oficinas, minicursos, apresentação de trabalhos científicos e noites culturais, que envolvem a temática. 

O acadêmico do 4° período do Curso de Engenharia Agronômica, Flávio Henrique Dantas Conceição, faz parte da organização e falou sobre o evento. “Todos os anos, graças a Deus, os alunos sempre abraçam o EMCA. O evento já tem porte nacional, pois vários estados estão participando, não só o Maranhão. O EMCA é um evento que contempla todos os cursos das Ciências Agrárias. Ele é pensado voltado para todos esses cursos, para que todas as áreas das Ciências Agrárias possam ser contempladas. Além desses, também têm a Engenharia Agrícola, Zootecnia. É um evento que abrange tudo, não só daqui da UEMASUL. Daqui a gente tem muitos alunos participando do evento. É algo bem gratificante, porque nós aprendemos coisas novas”. 

A engenheira florestal de Curitiba, Bruna Kovalsyki ministrou o minicurso de Incêndios Florestais e falou sobre a sua primeira participação no evento. “O minicurso foi algo mais básico, fundamental, mas que no momento que a gente está vivendo, a informação que eles tiveram é essencial. O evento é importante principalmente nessa questão da pesquisa que o pessoal está desenvolvendo em suas universidades, para expandir esse conhecimento e se aproximar da sociedade. Tudo que a sociedade demanda, cabe a sociedade acadêmica desenvolver para ter soluções. Então, essa troca de conhecimento é muito importante. Achei o evento super organizado, os ministrantes bem recebidos e o pessoal é muito interessado. Tem também a participação não só do pessoal do Maranhão, mas também de outros estados e isso me impressionou muito, essa motivação”.

 

UEMASUL realiza IV encontro de Medicina Veterinária

O dia do Médico Veterinário é comemorado em 9 de setembro, data em que, em 1933, um decreto de lei regulariza a profissão e o ensino da Medicina Veterinária no país. Em comemoração, a UEMASUL realizou o IV Encontro de Medicina Veterinária (ENCONVET), reunindo estudantes de Medicina Veterinária da universidade e de outras instituições de Imperatriz e Açailândia. A programação contou com 12 palestras e atividades ministradas por profissionais e pesquisadores de diversas instituições, como o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR).

Também estiveram presentes palestrantes de empresas do setor veterinário, como VETNIL, MATSUDA, IMEVE, SYNTEC e a Clínica Veterinária Mundo dos Animais. O destaque do evento foi a palestra da presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Maranhão, Profa. Dra. Francisca Neide Costa, que falou sobre “Ética profissional e mercado de trabalho do Médico Veterinário”.

De acordo com o professor e organizador do evento, Jailson Honorato, debater temas atuais e de relevância para os futuros profissionais é imprescindível na UEMASUL. “Os acadêmicos estiveram envolvidos na organização, e como participantes, aproveitaram para interagir com os palestrantes e se atualizarem sobre temas importantes, como por exemplo: oncologia veterinária, bem estar animal e marketing veterinário”.

O curso de Medicina Veterinária é uma graduação voltada ao preparo do estudante para atuar no cuidado, prevenção e tratamento clínico e cirúrgico de patologias em animais domésticos e silvestres. Para a acadêmica de Medicina Veterinária Samellyne Santos, que também participou da comissão organizadora do ENCONVET,  a experiência foi enriquecedora: “O evento proporcionou três dias de aprendizado com grandes profissionais de várias especialidades da veterinária, adquirimos novos conhecimentos, que com certeza, levaremos para nossa vida profissional ”.

I Seminário dos Gestores Públicos Municipais do Maranhão é realizado na UEMASUL

A Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL) sedia durante esta terça-feira (10), o I Seminário dos Gestores Públicos Municipais do Maranhão, organizado pelo Ministério Público do Maranhão, em conjunto com a Fundação Sousândrade. O evento oferece palestras e oficinas voltadas aos gestores municipais da Região Tocantina, prefeitos, vereadores, secretários entre outros cargos administrativos.

O seminário foi pensado para os gestores de 21 municípios da região, com o intuito de capacitar esses agentes públicos em torno de temas dos mais diversos segmentos, como licitações, contratos administrativos, transparência pública, política de educação, saúde, entre outros. “Nosso intuito é capacitar e garantir mais eficiência na implementação dessas politicas, para que a gestão dos recursos públicos seja feita de forma mais eficiente”, afirma a Promotora de Justiça, Nahyma Ribeiro Abas.

“Não há um espaço mais adequado pra gente pensar essas temáticas, na medida em que é um espaço de construção de conhecimento, unir instituições de controle interno, Ministério Público, Controladoria Geral da União, Tribunal de Contas, UEMASUL, Fundação Sousândrade, e administrações públicas municipais para pensar essas temáticas de gestão. É de fato pensar numa nova forma de construir a gestão municipal”,  reitera a Promotora.

Evangelina Maria Martins Noronha, diretora-presidente da Fundação Sousândrade, ressalta a importância da universidade e a suas contribuições para os municípios da região. “A UEMASUL é a nossa grande parceira. Ela exerce uma função de esteio, de eixo norteador, para que as mudanças aconteçam. Esse é o papel da universidade, ela significa universos, na hora de trabalhar essa região, ela vai trabalhar não só Imperatriz, mas todo o Estado do Maranhão, então é muito importante que ela esteja presente no sentido de participação, de envolvimento.”

“Sediando este evento estamos reforçando nosso papel de aglutinar e articular ações, iniciativas e políticas públicas que promovam o desenvolvimento social de nossa região. A UEMASUL se coloca a disposição para firmar outras parcerias como essa”, afirmou a reitora da UEMASUL, Elizabeth Nunes Fernandes.