Manutenção preventiva está sendo realizada nos campi Imperatriz e Açailândia

A proposta de autonomia foi a grande impulsionadora da criação da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão, pois possibilita uma gestão mais democrática e participativa por parte de toda a comunidade  universitária, para garantir um ensino público, gratuito e de qualidade na região Tocantina.

Dentro desse contexto, muitos avanços e melhorias continuam sendo implementadas nos campi. Uma delas é a manutenção predial preventiva, corretiva e preditiva nos prédios, que geram impactos positivos na economia de gastos, evitando ainda, a depreciação do patrimônio público e garantindo o funcionamento adequados das instalações e equipamentos.

A empresa de Imperatriz, KLN Engenharia e Serviços venceu o processo licitatório para a execução dos serviços de manutenção na UEMASUL. Segundo a coordenadora de Infraestrutura em exercício, Janayna Santos Silva, isso ajuda na realização das atividades. “O fato de a empresa já ter trabalhado aqui, facilita muito, porque os funcionários já conhecem toda a estrutura dos campi, as instalações elétricas, o que torna mais fácil a resolução dos problemas”.

São atribuições e competências da empresa: manutenção hidráulica e sanitária, manutenção elétrica, pequenas obras de instalações, conservação de revestimentos de tubulações, conservação de revestimentos e aplicações em paredes e pisos, serviços de pintura em geral, manutenção de forros, telhados e coberturas, conservação de portas, janelas, tetos e outros, incluindo fornecimento de vidros e chaveiro.

Quatro empresas participaram do processo de licitação, que exigia, além de menor preço, a comprovação de capacidade técnica para execução dos serviços. A empresa contratada é responsável pela mão de obra e pelos materiais necessários no atendimento às demandas, e já começou a trabalhar nos campi de Imperatriz e Açailândia. Na próxima semana uma equipe da KLN estará no campus Estreito realizando adequações nas salas de aula, nas rampas de acessibilidade e instalando passarelas para interligar os blocos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *