Direção do curso de Medicina discute Programas de Residência Médica e Multiprofissional

A Comissão do curso de Medicina da UEMASUL, participou da reunião que iniciou as tratativas para a criação da residência médica e multiprofissional no Hospital Macrorregional Drª. Ruth Noleto e no Hospital Regional Materno Infantil. Neste ato estavam presentes representantes da Secretaria Extraordinária de Articulação das Políticas Púbicas (SEEPP), da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), do corpo clínico e diretivo do Hospital Macrorregional, da direção do Hospital Regional Materno Infantil, da Universidade CEUMA, da Regional de Saúde de Imperatriz, de médicos do município e da diretora do curso de Medicina da UEMASUL, professora doutora Michele Moreira Martins de Oliveira.

A reunião teve como proposta as melhorias para o ensino e especialização dos novos profissionais da saúde, como apontou o professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), José Thiago Carvalho, médico especialista em Cirurgia Geral e digestiva, e cirurgião representante do Hospital Macrorregional.

Em uma outra reunião, com a Força Estadual de Saúde do Maranhão (FESMA), representantes da regional de saúde, da SEEP, da EBSERH, e da comissão de implantação do curso de Medicina, foi apresentado o curso, ao mesmo tempo em que se iniciou as tratativas para que a UEMASUL possa ofertar a residência Multiprofissional em Saúde Coletiva.

De acordo com a direção do curso de Medicina, a reunião teve como objetivo apresentar o curso de Medicina para a FESMA, que está atuando na região, com cinco equipes.  “A Força é preponderante, um pilar muito importante para o curso, para a integração do eixo ensino e serviço. O curso de Medicina foi aprovado em março deste ano, pelo Conselho Superior Universitário (CONSUN), sendo importante frisar que o curso já tem toda uma parte administrativa montada, funcionando e trabalhando fortemente para o início das atividades acadêmicas. O curso de Medicina não é mais um sonho, se tornou realidade”, afirmou a diretora do curso, Michele Moreira Martins de Oliveira.

As duas reuniões dão continuidade às pesquisas para a implantação da nova graduação na UEMASUL que está com a primeira turma prevista para o segundo semestre de 2020.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *