UEMASUL promove debate público sobre a Reforma da Previdência

A Proposta de Emenda Constitucional da Previdência (PEC 06/2019), que propõe alterações nas regras de aposentadoria, é uma das principais apostas do governo federal. A proposta altera o fundo de garantia por tempo de serviço a aposentados, a competência da Justiça Federal para ações contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e retira a definição de aposentadoria compulsória da Constituição.

Neste contexto, a UEMASUL promoveu, nesta sexta-feira (17), um amplo debate sobre a proposta, dando ênfase nos desdobramentos no funcionalismo público. “A universidade assume o protagonismo na promoção de debates de relevância social, levando ao conhecimento do público os detalhes dessa proposta e suas implicações”, explicou a reitora da UEMASUL, Elizabeth Nunes Fernandes.

 A mesa redonda aconteceu no auditório do campus Imperatriz da UEMASUL e reuniu professores, técnicos-administrativos, estudantes e representantes de sindicatos e movimentos sociais. “Foi muito informativo e esclarecedor, o palestrantes explicaram de forma muito claro o que é essa PEC e como ela influenciará em nossa vida”, declarou Crisleide do Socorro Nascimento, servidora da UEMASUL.

 Participaram da mesa o jurista e professor universitário Davi Telles, do Deputado Federal, Bira do Pindaré, e do representante do Fórum em Defesa da Previdência Pública – Núcleo Imperatriz, João Siguinez. A mediação ficou por conta do vice-reitor da UEMASUL, Expedito Barroso. “A UEMASUL entende que a reforma da previdência é um tema sensível que afeta diretamente a vida do trabalhador, portanto, é necessário que se faça um debate participativo com a comunidade”, afirmou o vice-reitor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *