II Seminário avançado de Matemática

Em sua segunda edição, o Seminário Avançado contará com a presença do palestrante convidado, professor Ronaldo Garcia; graduado em Engenharia Elétrica (UFG), Mestre em Matemática (UFG), Doutor em Matemática (IMPA), com dois Pós-doutorados; sendo um no Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e outro na Université de Bourgogne, na França.

 

UEMASUL promove debate público sobre a Reforma da Previdência

A Proposta de Emenda Constitucional da Previdência (PEC 06/2019), que propõe alterações nas regras de aposentadoria, é uma das principais apostas do governo federal. A proposta altera o fundo de garantia por tempo de serviço a aposentados, a competência da Justiça Federal para ações contra o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e retira a definição de aposentadoria compulsória da Constituição.

Neste contexto, a UEMASUL promoveu, nesta sexta-feira (17), um amplo debate sobre a proposta, dando ênfase nos desdobramentos no funcionalismo público. “A universidade assume o protagonismo na promoção de debates de relevância social, levando ao conhecimento do público os detalhes dessa proposta e suas implicações”, explicou a reitora da UEMASUL, Elizabeth Nunes Fernandes.

 A mesa redonda aconteceu no auditório do campus Imperatriz da UEMASUL e reuniu professores, técnicos-administrativos, estudantes e representantes de sindicatos e movimentos sociais. “Foi muito informativo e esclarecedor, o palestrantes explicaram de forma muito claro o que é essa PEC e como ela influenciará em nossa vida”, declarou Crisleide do Socorro Nascimento, servidora da UEMASUL.

 Participaram da mesa o jurista e professor universitário Davi Telles, do Deputado Federal, Bira do Pindaré, e do representante do Fórum em Defesa da Previdência Pública – Núcleo Imperatriz, João Siguinez. A mediação ficou por conta do vice-reitor da UEMASUL, Expedito Barroso. “A UEMASUL entende que a reforma da previdência é um tema sensível que afeta diretamente a vida do trabalhador, portanto, é necessário que se faça um debate participativo com a comunidade”, afirmou o vice-reitor.

III Encontro de Letras

O III Encontro de Letras Diversidade e Diálogos, do campus Açailândia irá possibilitar reflexões quanto à importância do Letrólogo no mundo globalizado.
Serão oferecidas oficinas, palestras e mesas-redondas.

Confira a programação aqui.

UEMASUL realiza encontro de Formação Pedagógica com tutores do Cursinho Popular

Com o intuito de aperfeiçoar a prática de ensino dos tutores e aumentar o número de aprovações dos alunos no vestibular, a coordenação do Cursinho Popular realizou o primeiro encontro de Formação Pedagógica no campus da UEMASUL, organizado pela equipe da Coordenação Pedagógica.

O acompanhamento pedagógico acontecerá de maneira continuada, auxiliando nas questões referentes às metodologias conforme as turmas e as faixas etárias. O professor Edelblan Conrado explicou que é preciso conhecer quais as dificuldades que os tutores estão encontrando, para serem trabalhadas pela coordenação do Cursinho para que assim se encontrem ações mais efetivas de melhoramento. “Nós temos alunos que saíram agora do ensino médio e outros que já estão há anos longe da sala de aula, dessa forma percebemos uma necessidade de adequar esse ensino para que ele seja de fato eficaz”.

Arquimedes Pinto Silva, aluno do 8º Período  de Letras, já ministra a disciplina de Gramática há três anos no Cursinho. Ele  ressalta que à cada ano percebe uma esclarecimento maior do alunos em relação ao curso universitário desejado, além da experiência adquirida  para a sua carreira. “As aulas no Cursinho Popular têm contribuído de uma forma significativa para mim. Me dá mais embasamento nas práticas pedagógicas e a autoconfiança em falar para muitas pessoas em sala de aula”. Os tutores do Cursinho são selecionados por meio de envio de currículo e não devem ter nenhum vínculo empregatício. 

Campus Açailândia recebe bibliotecário

O campus Açailândia da UEMASUL recebeu esta semana, o bibliotecário Raniere Nunes da Silva, que passa a fazer parte do quadro de funcionários da universidade. O profissional, formado em Biblioteconomia, será o primeiro da área a trabalhar na estruturação da biblioteca do campus, e sua contratação vai dinamizar os serviços oferecidos pela biblioteca. “Chegamos com a ideia de organizar a biblioteca, estreitar a comunicação com os alunos e desenvolver projetos de leituras e culturais”, comenta Raniere Silva.

O bibliotecário é essencial para a organização e manutenção do acervo, catalogação de monografias e demais publicações. Neste semestre, 50 TCCs já se encontram disponíveis para catalogação, e a presença de um profissional é mais uma conquista para toda a comunidade acadêmica.

Com a admissão do bibliotecário o sistema passará a ser virtual, trazendo maior comodidade aos alunos para os serviços de consulta ao acervo e renovações de empréstimos.

A biblioteca do campus, que foi reformada e ampliada, oferece hoje cerca de 1100 títulos para os acadêmicos e comunidade, funcionando das 7h30 às 21h. A comunidade pode utilizar todos os equipamentos, porém, não poder fazer empréstimos de livros.

O espaço conta com novos modelos de gestão e organização, e outras alterações ainda estão sendo discutidas. “Nesse mundo virtual que vivemos se não desenvolvermos algo que deem vida, o espaço vai perdendo suas funções. Temos que pensar em um espaço e dar vida a ele, criando um espaço cultural agradável a todos”, comenta a diretora do centro Tania Regina Zanella.

II Simpósio de Educação Patrimonial

O II Simpósio de Educação Patrimonial da Região Tocantina – História e memória afro-indígena irá estimular interações entre alunos, pesquisadores e sociedade sobre a relevância da educação patrimonial como “alfabetização cultural” das realidades étnicas e histórico-culturais regionais.
Inscrições: Empresa Júnior de Consultoria (UEMASUL).

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas na Empresa Júnior de Consultoria, na UEMASUL.

Confira a programação completa AQUI!

Paralisação 15/05

Aberta ao amplo debate e ciente do prejuízo social causado pelo contingenciamento dos recursos da educação, promovido pelo Governo Federal, a Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL) vem a público comunicar que respeitará a deliberação aprovada em assembleia aberta promovida pela comunidade acadêmica.

Uma vez que a paralisação foi aprovada democraticamente, a UEMASUL DETERMINA que as atividades acadêmicas do dia 15 de maio, quando acontece a greve nacional da educação, sejam FLEXIBILIZADAS.

A administração superior da UEMASUL compreende que a universidade pública, gratuita e de qualidade desempenha um importante papel para a sociedade, por meio do ensino, da pesquisa, da extensão e da inovação. E, é somente por meio do fomento a essas ações, com orçamento digno e executado com responsabilidade, que conseguiremos transformar o Brasil e um país com menos desigualdades.

UEMASUL chega a Estreito

A gestão superior da UEMASUL recebeu na última sexta-feira(10), o novo campus da universidade, no município de Estreito. A doação do prédio foi uma iniciativa da prefeitura municipal, e a solenidade de entrega foi acompanhada por estudantes e suas famílias, que foram prestigiar o momento histórico na educação do Estado.

A atual estrutura com 15 salas de aula com área de 70 m² e capacidade de 55 alunos cada, miniauditório com área de 178 m² e capacidade para 250 alunos. Só a área do bloco de ensino, onde ficarão as salas de aula, soma uma área de 1.820 m². “O prédio passará por pequenas adequações para receber os laboratórios específicos de cada curso, de acordo com o planejamento que elaboramos para a implantação da UEMASUL em Estreito”, explicou a Pró-reitora de Planejamento e Administração da UEMASUL, professora Sheila Elke Araújo.

O campus Estreito tem previsão para iniciar as atividades acadêmicas no início de 2020, com o os cursos de Letras Português, Engenharia Agronômica e Ciências Naturais com habilitação em Física e Matemática. “Já licitamos todo o mobiliário e equipamentos para o pleno funcionamento do campus. Nossas equipes de segurança e limpeza já estão presentes no prédio e, em breve divulgaremos a data de inauguração”, afirmou a professora Elizabeth Nunes Fernandes, que informou: “Ainda este vamos oferecer cursos de extensão e realizar atividades em conjunto com outros entes públicos”.

O vice-governador Carlos Brandão representou o governador Flávio Dino na solenidade e falou dos investimentos em educação. “A prefeitura entrega um prédio belíssimo no valor de R$ 6 milhões, e o Governo do Estado assume todas as despesas. Num momento em que, no Brasil, estão cortando verbas públicas, nós estamos ampliando. Um exemplo para mostrar que a educação é a única maneira das pessoas progredirem na vida”, comentou.

O prefeito Cícero Neco falou das comemorações do aniversário da cidade, e da importância da universidade para a região. “Sonhamos juntos esse projeto que hoje entregamos para o Governo do Estado. Estamos também comemorando poder ver os filhos de Estreito, que antes não tinham oportunidade de cursar um curso superior e agora poderão”, comentou.

A estudante Júlia Andressa Pereira, falou de suas expectativas em relação a implantação da universidade em Estreito. “Nós, de todas as escolas municipais, estaduais e particulares sempre ficamos apreensivos quando terminamos o ensino médio, porque aqui no nosso município não existia nenhuma faculdade, e muitos não tem condições de irem pra outras cidades para cursar a tão sonhada universidade. A UEMASUL é a realização de um sonho para todos nós, pois ela abre portas”.

com colaboração SECAP

Debate Público – PEC 06/2019

A mesa-redonda irá debater a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 06/2019, que trata sobre a reforma da Previdência, com ênfase nos desdobramentos do funcionalismo público. Confirmadas as presenças do secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Davi Telles e do Deputado Federal Bira do Pindaré.
O debate começa às 9h.
Participe!

UEMASUL abre inscrições para o Programa Institucional de Iniciação e Desenvolvimento Tecnológico e Inovação

Começam nesta quinta-feira (9) e seguem até 10 de junho, as inscrições para o Programa Institucional de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da UEMASUL.

O programa tem o objetivo de estimular professores pesquisadores a incluírem estudantes nas atividades científicas, desenvolvimento tecnológico e inovação, despertar a vocação científica dos estudantes, e qualificá-los para o desenvolvimento e transferência de novas tecnologias e inovação. As modalidades de participação são voltadas a bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI) e voluntários do Programa Institucional de Voluntários de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIVITI).

O período de pré-seleção e seleção será de 11 a 21 de junho. A divulgação dos resultados será realizada no dia 24 de junho. O período para entrega da documentação de indicação do bolsista ou voluntário acontecerá de 24 a 28 de junho. Documentos, requisitos e compromissos exigidos para a inscrição e participação no programa estão disponíveis no edital.