UEMASUL realiza lançamento de livros no encerramento do I Simpósio Interdisciplinar

O I Simpósio Interdisciplinar de Ciências Humanas foi encerrado na última semana com lançamento de seis livros, frutos de estudos e pesquisas dos cursos de licenciatura da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão. O lançamento dos livros se firmou na ação coletiva dos cursos de Pedagogia, Geografia e História a partir do anseio em comum pela divulgação das pesquisas desenvolvidas nos respectivos cursos.

Foram lançados os títulos: A escola de Vigotski e a humanização do sujeito histórico: dialogando com a formação de professores. Autores Francisco de Assis Carvalho de Almada (Org); Ludusformação: recursos didáticos alternativos. Autores: Aparecida de Lara Lopes Dias et al.;Temáticas indígenas e a Lei 11645/2008 – conhecer para valorizar. Organizadoras: Ilma Maria de Oliveira Silva; Aparecida de Lara Lopes Dias; Formação de professores, o ensino e práticas pedagógicas: reflexões necessárias na contemporaneidade. Autoras: Francisca Melo Agapito, Aparecida de Lara L. Dias, Ana Claudia de Sousa; Cidades em cena na Amazônia Oriental: agentes, dinâmicas e processos. Autores: Helbaneth Macedo, Jailson de Macedo, Sheryda Carvalho (Orgs); Geografia: trabalho, sociedade e meio ambiente. Organizadores: Luiz Carlos A. dos Santos; Geovanni Seabra; Cláudio Eduardo Castro. (Orgs).

A divulgação das pesquisas contribui para o estreitamento dos laços tanto da comunidade acadêmica dos cursos de Pedagogia, Geografia e História, quanto da comunidade externa, por ressaltar os aspectos regionais das pesquisas. Por meio dos livros a universidade abre espaço para novos diálogos e consequentemente para a produção de novos conhecimentos.

Para a professora Lucélia Ferreira, do curso de Geografia, o I Simpósio Interdisciplinar teve algumas iniciativas fundamentais, “dentre elas o lançamento de livros como um momento de conhecer o trabalho desenvolvido por outras áreas, que não tiveram a oportunidade de dialogar, assim o evento possibilitou várias atividades interdisciplinares nessa perspectiva”.

O coordenador do curso de Pedagogia Francisco de Almada destacou a relevância do simpósio. “Esse evento é muito importante para a UEMASUL, porque a partir do momento que nos tornamos universidade tivemos o propósito de cumprir com todas as obrigações de universidade e sermos, também, interdisciplinar. Além da troca de experiências, aproveitamos também para divulgar a produção dos cursos de Ciências Humanas”.

Um dos organizadores do evento, o professor de Geografia Jailson de Macedo falou sobre os desafios para a difusão de conhecimentos. “Ao mesmo tempo em que aparece o entusiasmo, aparecem também os desafios, como diz a temática principal do evento – Diálogos interdisciplinares sobre a formação docente, que é buscar uma aproximação entre esses saberes. Esse é um dos papeis de todas as universidades e com a UEMASUL não seria diferente, sua missão é produzir e difundir conhecimentos que tenham um alcance regional, esse foi o proposito maior que nos motivou, aproximar a produção de conhecimento e de saberes, por meio desse diálogo”, reitera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *