UEMASUL promove o I Simpósio Interdisciplinar de Ciências Humanas

Na perspectiva de estabelecer diálogos entre as diversas áreas de conhecimento relativas ao processo educacional e desenvolvimento profissional de professores, a Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão promove de 21 a 23 de novembro de 2018, o I Simpósio Interdisciplinar de Ciências Humanas, com temáticas de ação, voltadas para áreas da Cultura, Direitos Humanos e Justiça, Educação, Meio Ambiente, Trabalho e Desenvolvimento.

O Simpósio visa abranger toda a comunidade acadêmica dos cursos de licenciatura, especificamente, as áreas da Pedagogia, Geografia e História, além dos profissionais da educação e sociedade da Região Tocantina. O evento busca articular conhecimento e saberes, por meio de diálogos interdisciplinares sobre a formação docente, aspirando à disseminação de atividades acadêmicas, cientificas e culturais em diferentes áreas de conhecimentos.

A programação do Simpósio Interdisciplinar conta com discussões, suscitadas por meio de palestras, mesas redondas, comunicações orais, oficinas, minicursos e o ponto forte do evento, o lançamento de livros, frutos da produção científica da UEMASUL. O evento foi aberto com a  apresentação teatral “Conto de fadas”, realizada pelo 5º  período do curso de Pedagogia.

O professor de Geografia da UEMASUL e um dos coordenadores do evento, Jailson de Macedo, ressalta o significado da realização do simpósio interdisciplinar. “Uma universidade jovem como a UEMASUL, que nasce neste intuito da promoção das diferentes linhas de conhecimento, necessita apresentar resultados para a sociedade. Nesta perspectiva,  a instituição por meio do simpósio busca promover essa interação entre os cursos, gerando esses diálogos entre as diferentes formas de conhecimentos, e desta forma, trazer respostas com mais eficiência as demandas que a sociedade coloca”, afirma.

A acadêmica Jaine Silva Sousa, do 7º período de Pedagogia disse ser um privilégio participar do primeiro Simpósio Interdisciplinar de Ciências Humanas.  “O simpósio vem enriquecer a formação docente, é um evento muito importante onde duas áreas estão envolvidas em prol de um único objetivo: a formação docente. Nós temos o curso de Pedagogia e Geografia dialogando através de mesas redondas, oficinas, minicurso, tudo para que a formação docente seja eficaz, dando uma contribuição para a sociedade”.

Laila Santos Silva é egressa do curso de Geografia da UEMASUL, graduada esse ano. Para ela,  a interdisciplinaridade  é muito citada na graduação e  pouco praticada. “Quando vemos os cursos de Geografia e Pedagogia conversando sobre a formação do professor, a gente faz com que esses cursos saiam mais fortes no sentido pedagógico da academia. Então, a partir do momento que há esse conversa, esse diálogo com os cursos todos saem ganhando”.

Lançamento de livros

Dentro da programação, o Simpósio terá um momento de divulgação das pesquisas desenvolvidas na UEMASUL, por meio do lançamento de nove livros, nas diversas áreas das Ciências Humanas.

Para a professora e coordenadora do evento, Flaviana Oliveira, o lançamento dos livros representa uma conquista para área das pesquisas cientificas na UEMASUL, em parceria com outras instituições de Imperatriz. “Os livros são produções de pesquisas científicas desenvolvidas na UEMASUL, que somam este conjunto de obras. Então, o lançamento dos títulos representa a coroação de um trabalho desenvolvido em conjunto, assim, permitindo que tenhamos uma maior visibilidade para que a sociedade conheça os trabalhos científicos que estão sendo produzidos na universidade”, finaliza.

Lista das obras:

  • A escola de Vigotski e a humanização do sujeito histórico – Autor: Francisco de Assis Carvalho de Almada (Org).
  • Ludusformação: recursos didáticos alternativos – Autores: Aparecida de Lara Lopes Dias et al. Imperatriz: Ethos, 2016.
  • Temáticas indígenas e a Lei 11645/2008 – conhecer para valorizar – Organizadoras: Ilma Maria de Oliveira Silva, Aparecida de Lara Lopes Dias. Goiânia: Editora Vieira, 2018.
  • Formação de professores, o ensino e práticas pedagógicas: reflexões necessárias na contemporaneidade – Autoras: Francisca Melo Agapito, Aparecida de Lara L. Dias, Ana Claudia de Sousa Edibrás. Gráfica e Editora. Uberlândia, 2018.
  • Cidades em cena na Amazônia Oriental: agentes, dinâmicas e processos – Autores: Helbaneth Macedo, Jailson de Macedo, Sheryda Carvalho (Orgs). Gioânia: Editora Vieira, 2018.
  • Geografia: Trabalho, sociedade e meio ambiente – Organizadores: Luiz Carlos A. dos Santos; Geovanni Seabra, Cláudio Eduardo Castro. São Luís: Editora UEMA, 2018.
  • Mapas mentais: dialogismo e representações – Autor: Salete Kozel (Org.). Appris Editora. Curitiba/PR, 2018.
  • O Espírito e as igrejas – Organizadores: Adriano Lima, Moab Cesar, Valdinei Gandra. São Paulo: Editora Recriar, 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *