UEMASUL promove I encontro de egressos na Semana de Física e Matemática

O Centro de Ciências Exatas, Naturais e Tecnológicas (CCENT) realiza o I Encontro de egressos de Física e Matemática da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL), Campus Imperatriz. Voltado para alunos, pesquisadores e professores, o principal objetivo é divulgar a produção científica dos cursos de Matemática e Física, e promover a comunicação entre os egressos.

O encontro trouxe o tema “Um panorama da Física e Matemática na região Tocantina do Maranhão”. O tema busca uma integração regional das ciências exatas para incentivar a troca de experiências, por meio do intercâmbio científico e acadêmico de professores, pesquisadores e alunos. “Essa prática faz com que os alunos se interessem por outros assuntos, de forma a renovar o conhecimento, deixando os acadêmicos mais ativos e curiosos”, diz o professor palestrante da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Antônio Nilson Laurindo de Sousa.

A reitora da Elizabeth Nunes Fernandes, durante a solenidade de abertura falou sobre a importância do encontro. “A oportunidade de trocar conhecimentos e experiências com palestrantes de outras instituições é um momento ímpar para todos os estudantes, tanto de matemática, quanto de física”, ressaltou.

O acadêmico do segundo período, do curso de Física Licenciatura, Gabriel, Fernandes Ferrari Melo falou que a evasão nos cursos ocorre muitas vezes, pela falta de incentivo e conhecimento da extensão da área de atuação destes profissionais.

Para o estudante do curso de Matemática Licenciatura, Matheus Araújo Botelho a semana de Física e Matemática, é importante para que a comunidade “perceba que a matemática não é algo chato, como muitos consideram, a exemplo da palestra de Criptografia, mas é algo que está presente no dia a dia de todos, mas ninguém entendia como funcionava”.

O diretor do curso de Matemática da UEMASUL, Juscimar da Silva Araújo, reitera que, além de socializar matemáticos e físicos, o objetivo do encontro é mostrar aos alunos quais são as possibilidades de pesquisa existentes em ambas as áreas, e assim, estimulá-los a pensar a vida acadêmica como algo contínuo por meio da graduação, mestrado e doutorado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *