Brasão da UEMASUL é escolhido por comissão julgadora

Aconteceu na quinta-feira (20) na sede da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), o processo de escolha do brasão oficial da UEMASUL – Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão. A comissão foi composta por profissionais de diversas áreas, tais como História, Comunicação Social, Engenharia, Designer, Artes Plásticas entre outros. A vencedora do concurso foi Gabriela Portela, de São Luís. As propostas passaram por uma avaliação minuciosa e criteriosa da comissão julgadora.

A participação no concurso foi pública e aberta para pessoas físicas de qualquer lugar do Brasil. Era permitida a apresentação de até dois trabalhos por participante. De acordo com os organizadores, mais de 80 propostas foram inscritas. Elas deveriam atender aos seguintes requisitos: ser inédita e não ter participado de concursos ou eventos similares.

O secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada, ficou bastante satisfeito com o número de participantes e comentou o resultado. “Ele tem uma relevância muito grande para todos nós e vai deixar sua marca para uma das mais novas universidades do Brasil e primeira universidade regional do Maranhão. Isso tem, certamente, um impacto na carreira profissional de qualquer designer que participou do edital”, disse.

De acordo com a pró-reitora de Gestão e Sustentabilidade acadêmica da UEMASUL, Regina Célia Costa Lima, foi de grande importância a realização de um concurso para escolher o brasão que representará a instituição. “Demonstra todo nosso interesse e responsabilidade em construir algo que represente o interesse de todo um espaço geográfico e da comunidade. É importante, ainda, por criar algo que representa realmente os interesses dos envolvidos” afirmou Regina.

Heide Cabral participou da comissão e destacou o quanto foi importante para ele participar de um processo tão relevante como a escolha do brasão. “Na realidade, estou muito feliz, pois além de ser da área de designe, ainda sou um estudante e ter participando deste processo de seleção com pessoas com um grande nível de conhecimento é muito gratificante”, disse ao parabenizar a Secti por incluir estudantes em processos como esse. “É dar oportunidade aos jovens de mostrar sua capacidade e talento”, concluiu.

Mesmo com a escolha da comissão, o processo continua, uma vez que a proposta passará por outras etapas para a adequação das sugestões feitas pela comissão julgadora. A expectativa é que o brasão seja revelado ao público na próxima semana.

Com colaboração da ASCOM/SECTI

2 respostas para “Brasão da UEMASUL é escolhido por comissão julgadora”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *