SALA DE IMPRENSA

LIBRAS

UEMASUL reforça aprendizagem de LIBRAS nos cursos de licenciatura

A universidade também disponibiliza uma intérprete da Língua Brasileira de Sinais na biblioteca, para atender pessoas surdas visitantes que necessitem de tradução.


Ascom UEMASUL

Acadêmicos mostram jogos educativos do projeto “Ideias para ensinar Português para surdos”, em evento de encerramento de disciplina de Pedagogia. Foto: Arquivo/ASCOM

A língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) foi reconhecida oficialmente como segunda língua no Brasil por meio da Lei  10.436/02 no dia 24 de abril de 2002. Desde então, a data ganhou destaque no calendário como visibilidade à  comunicação e expressão das comunidades surdas do país.

Seguindo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei nº 9.394/96) a UEMASUL oferta a disciplina de LIBRAS, que faz parte de todos os seus cursos de licenciatura. A professora de LIBRAS da UEMASUL, Cláudia Lúcia Alves reforça a importância da aprendizagem da Língua Brasileira de Sinais. “Os acadêmicos das licenciaturas, que serão futuros professores saem da universidade com o conhecimento da LIBRAS. Nós fazemos muitas atividades ao longo do curso como oficinas de Libras, conversação em Libras, visitas à escolas com público surdo, com o objetivo de exercitarmos a língua e de aproximarmos o surdo da universidade”.

A professora Cláudia informou ainda que a disciplina proporciona conhecimento sobre a língua, e que cerca de 80 por cento dos acadêmicos procura se aperfeiçoar na língua de sinais, depois da graduação. “Em todo país percebemos diferentes realidades, no que se refere a inclusão do aluno surdo em sala de aula, uma vez, que na maioria das vezes temos professores, que além de não terem o conhecimento em libras, também não contam com o apoio de intérprete para mediar na comunicação com o aluno surdo. Contudo, por outro lado temos escolas que contam com intérpretes, e  temos outras, em que os professores buscaram formação, ou tiveram essa primeira base na graduação e conseguem fazer a diferença em sua aula para os alunos surdos”.

Para reforçar a inclusão dos surdos, o site da instituição oferece a tecnologia assistiva, um conjunto de recursos que amplia as habilidades para pessoas com deficiência. Dentre eles, o site disponibiliza o VLibras, que é a ferramenta responsável por traduzir textos para a Língua Brasileira de Sinais, ajudando os surdos nas leituras diárias das notícias.

A universidade também disponibiliza uma intérprete de LIBRAS na biblioteca, para atender pessoas surdas visitantes que necessitem de tradução.


SIGA A UEMASUL NAS REDES SOCIAIS

PRÓ-REITORIAS
UNIDADES ACADÊMICAS
CONHEÇA A UEMASUL

Campus Imperatriz

(99) 3525 7875
R. Godofredo Viana, 1300 – Centro
CEP: 65901- 480
Imperatriz-MA

Campus Açailândia

(99) 3538 4509
Rua Topázio, 100 – Vila São Francisco
CEP: 65930-000
Açailândia-MA

Campus Estreito

Av. Brejo do Pinto, S/N – Brejo do Pinto
CEP: 65975-000
Estreito-MA

Brasão UEMASUL.

Universidade Estadual
da Região Tocantina do Maranhão

CNPJ: 26.677.304/0001-81
Criada nos termos da Lei Nº 10.525 de 03/11/2016

© 2020 – Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por SEATI MA.

X