SALA DE IMPRENSA

Medicina

UEMASUL participa de oficina de trabalho sobre formação médica

O curso de Medicina da UEMASUL representa o fortalecimento das políticas públicas de saúde da Região Tocantina, com a formação de médicos mais humanizados.


Ascom UEMASUL

Oito pessoas sentadas à mesa de reunião, posam para foto e sorriem.

A comissão de implantação do curso de Medicina da UEMASUL, junto à Secretaria de Estado de Saúde do Maranhão (SES) e Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), participou da Oficina de Trabalho sobre Formação Médica, na última semana, que teve como objetivo fortalecer o processo de formação profissional em saúde no Estado do Maranhão e contribuir com a proposta de formação do curso de Medicina da universidade.

A criação e implantação do curso de Medicina da UEMASUL representa o fortalecimento das políticas públicas de saúde e educação da Região Tocantina e se destaca na formação de médicos mais humanizados, com um ensino focado na regionalização. Com o ingresso da primeira turma previsto para o segundo semestre de 2020, a Oficina de Formação deu continuidade ao processo de implantação e discutiu a integração da rede de saúde, do ensino e dos serviços na formação dos futuros profissionais.

Seis mulheres, cinco sentadas em volta de uma mesa e uma em pé.

A criação e implantação do curso de Medicina representa o fortalecimento das políticas públicas de saúde e educação da Região Tocantina. Foto: Ascom/UEMASUL

A assessora especial da Secretaria Extraordinária de Articulação de Políticas Públicas do Estado, Ana Lúcia Nunes, destacou os assuntos debatidos ao longo da Oficina de Formação. “A lógica de estruturação deste curso é de ser regionalizado, e que forme profissionais vocacionados para o cuidado com a atenção primária. O curso tem a estrutura de formação coletiva, com apoio da OPAS, para respeitar essas peculiaridades regionais. A reunião tem o objetivo de afinar algumas questões em relação a como se vai dar a integração de ensino e serviço, quem são os preceptores, quais são os nossos campos de prática, como que vamos formar os preceptores que vão receber os alunos na rede de ensino e de atenção à saúde”.

Para a coordenadora da Unidade Técnica de Capacidades Humanas para a Saúde da OPAS/OMS, no Brasil, Monica Padilla, a UEMASUL tem cumprido com as propostas de execução do curso. “Queria parabenizar o trabalho feito pela universidade e de todos os preparativos para ter um curso pronto e funcionando. Hoje, vejo que o curso já caminha para a sua própria preparação e nisso várias necessidades aparecem. Mas é importante olhar que a UEMASUL abre uma nova forma de fazer uma educação em Medicina, tentando procurar a excelência e qualidade, em aliança com a Secretaria de Saúde do Estado”.

Com previsão de ingresso para o segundo semestre de 2020, a primeira turma do curso contará com 40 alunos de sete estados brasileiros.  Destes, quase 50% são maranhenses. Metade das vagas destinadas às pessoas negras, indígenas e com deficiência foi ocupada também por estudantes maranhenses e a outra metade, por estudantes do estado do Piauí.


SIGA A UEMASUL NAS REDES SOCIAIS

PRÓ-REITORIAS
UNIDADES ACADÊMICAS
CONHEÇA A UEMASUL

Campus Imperatriz

(99) 3525 7875
R. Godofredo Viana, 1300 – Centro
CEP: 65901- 480
Imperatriz-MA

Campus Açailândia

(99) 3538 4509
Rua Topázio, 100 – Vila São Francisco
CEP: 65930-000
Açailândia-MA

Campus Estreito

Av. Brejo do Pinto, S/N – Brejo do Pinto
CEP: 65975-000
Estreito-MA

Brasão UEMASUL.

Universidade Estadual
da Região Tocantina do Maranhão

CNPJ: 26.677.304/0001-81
Criada nos termos da Lei Nº 10.525 de 03/11/2016

© 2020 – Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por SEATI MA.

X