SALA DE IMPRENSA

PUBLICAÇÃO

Coletânea de textos divulga produção científica da UEMASUL

A publicação reúne trabalhos que versam sobre linguagem, ensino, meio ambiente, cultura, memória, patrimônio, cidade, região, espaço e lugar e está disponível para download.


Ascom UEMASUL

O projeto editorial cumpre uma importante etapa do saber acadêmico, que é a divulgação da produção científica realizada nas salas de aula, nos laboratórios e nos campos de pesquisa para conhecimento da comunidade. Foto: Ascom/UEMASUL.

A obra intitulada “Entrelaçando saberes e produzindo conhecimentos”, se propõe a divulgar práticas e saberes relacionados ao ensino, à pesquisa e à extensão no âmbito do espaço acadêmico da UEMASUL. A publicação disponível em e-book é uma coletânea de textos produzidos por professores e acadêmicos pesquisadores, sobre temas variados, organizada pelas professoras Regina Celia Costa Lima e Maria da Guia Taveiro Silva. O projeto editorial cumpre uma importante etapa do saber acadêmico, que é a divulgação da produção científica realizada nas salas de aula, nos laboratórios e nos campos de pesquisa para conhecimento da comunidade.

Para a professora de História, Regina Celia Costa Lima, a obra cumpre uma etapa importante da pesquisa e do saber educacional na busca do conhecimento. “Se produz conhecimento para se devolver esse conhecimento para a sociedade. A obra é um trabalho de caráter interdisciplinar que reúne trabalhos produzidos por acadêmicos e professores. São trabalhos desenvolvidos na pesquisa, na extensão e no ensino que busca incentivar a produção científica da universidade, que precisa estar voltada para o bem da comunidade. As temáticas desenvolvidas são de pertinência social, teórico-práticas, trabalhadas no espaço educacional. Tecemos considerações de trabalhos relacionados ao meio ambiente, práticas educacionais e pedagógicas”, explicou.

O livro está disponível para download, cumprindo, também, o objetivo de contribuir para o diálogo interdisciplinar dos conteúdos no âmbito da instituição como uma possibilidade de comunicação acadêmica. A publicação reúne trabalhos que versam sobre linguagem, ensino, meio ambiente, cultura, memória, patrimônio, cidade, região, espaço e lugar.

“A obra é um entrelaçamento de conhecimentos diversos, produzidos por docentes e discentes da UEMASUL. É um estímulo para que os estudantes continuem a produzir, é um reconhecimento do trabalho que eles fizeram. É uma obra bem interessante e a primeira de uma série que pretendemos produzir e publicar. Foi muito prazeroso organizar essa coletânea que é fruto do trabalho de estudantes da graduação e da especialização, na universidade”, reiterou a professora Maria da Guia Taveiro Silva.

A acadêmica de História, Maria Eduarda Porto é uma das autoras da coletânea com o artigo: Gênero e educação: a invisibilização das mulheres nos materiais didáticos de filosofia da Educação Básica. Ela conta que a primeira versão do texto foi produzida ainda no ensino médio e é um texto premiado na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), da UEMASUL, em 2019. ” No momento em que a professora Regina me contou sobre a temática, a Educação, logo pensei no meu primeiro artigo, que ao ingressar no curso foi aprimorado sem muitas pretensões. Esse trabalho representa pra mim o primeiro passo dado em direção ao mundo da pesquisa, foram meus primeiros questionamentos, meu erros e acertos”.

Maria Eduarda finaliza reforçando a importância de se compartilhar os conhecimentos adquiridos na universidade. “É gratificante essa sensação de ver algo feito por você tendo uma finalidade concreta e não somente engavetado, sem ultrapassar sequer a minha própria bolha acadêmica. Quem produz conhecimento sabe que se a pesquisa não chega nas pessoas ela não tem efeito. Então essa oportunidade de estar contribuindo com a pesquisa ainda como acadêmica é ímpar na formação profissional de pesquisadores e pesquisadoras, tanto em termos curriculares como também de vivência.

A obra  “Entrelaçando saberes e produzindo conhecimentos” está organizada em nove capítulos: Resgate histórico do município de Davinópolis-MA, bairro União, utilizando a técnica memória viva (autores Francinete da Silva Nogueira, Aroldo Francisco Miranda de Sousa, Alex Lima Fonseca, Sheila Elke Araújo Nunes e Ivaneide de Oliveira Nascimento); A utilização de filmes e documentários enquanto recursos didáticos pela perspectiva das orientações curriculares para o Ensino Médio no estado do Maranhão: apontamentos e problematizações, (autoria de Eduardo Oliveira Melo e Regina Celia Costa Lima); Descarte de lixo em ponto turístico no município de Imperatriz, Maranhão – um olhar sobre a beira-rio (autoras Samira de Sousa Pereira, Francinete da Silva Nogueira, Gleice Kely Silva Lima, Renata Brenda Franco da Rocha, Sheila Elke Araújo Nunes e Ivaneide de Oliveira Nascimento); Michel de Certeau: o conceito de lugar e espaço (autoria de Regina Célia Costa Lima e Fernanda Miler Lima Pinto; Memória viva da igreja Santa Teresa D’ávila na cidade de Imperatriz-MA, de Jakeline Almeida Santos Pereira, Sheila Elke Araújo Nunes e Ivaneide de Oliveira Nascimento); A cidade como lugar de memória e suas potencialidades educativas (autoria das professoras Regina Celia Costa Lima e Maria da Guia Taveiro Silva); A poesia e a pintura como ferramentas para o desenvolvimento de leitura e produção textual (autoras Isabel Delice Gomes Macedo, Jéssica Mayane da Silva, Maria da Guia Taveiro Silva e Silvania Aparecida Alvarenga Nascimento); Formação de professores na área de ciências da natureza no Sul do Maranhão: relato de experiência (autoria de Francisco Dimitre Rodrigo Pereira Santos, Marcia Guelma Santos Belfort, Suellen Alves de Azevedo e Zilmar Timóteo Soares); Gênero e educação: a invisibilização das mulheres nos materiais didáticos de filosofia da Educação Básica, (autoria de Maria Eduarda Lindoso S. Porto, Regina Celia Costa Lima e Ricardo Avalone Athanásio Dantas).

Acesse e faça o download gratuito da publicação: Entrelaçando saberes e produzindo conhecimentos

 


Texto: Mari Marconccine
Fotos: Ascom/UEMASUL
Assessoria de Comunicação UEMASUL


Política de uso
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação da UEMASUL e dos autores. Fotos devem ser creditadas como Ascom UEMASUL e com o nome do fotógrafo.

SIGA A UEMASUL NAS REDES SOCIAIS

PRÓ-REITORIAS
UNIDADES ACADÊMICAS
CONHEÇA A UEMASUL

Campus Imperatriz

(99) 3525 7875
R. Godofredo Viana, 1300 – Centro
CEP: 65901- 480
Imperatriz-MA

Campus Açailândia

(99) 3538 4509
Rua Topázio, 100 – Vila São Francisco
CEP: 65930-000
Açailândia-MA

Campus Estreito

Av. Brejo do Pinto, S/N – Brejo do Pinto
CEP: 65975-000
Estreito-MA

Brasão UEMASUL.

Universidade Estadual
da Região Tocantina do Maranhão

CNPJ: 26.677.304/0001-81
Criada nos termos da Lei Nº 10.525 de 03/11/2016

Marca do Governo do Maranhão

© 2022 – Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por SEATI MA.